Aumento se repete em nova checagem de preços realizada pelo Jornal MN

Aumento se repete em nova checagem de preços realizada pelo Jornal MN

A checagem realizada é uma forma de conferir se os supermercados aumentaram preços dos produtos pesquisados

Todas as semanas, como o consumidor já se acostumou a ter sempre as quartas-feiras a pesquisa de preços realizada nos supermercados e atacadões, agora também já se convencionou repetir a pesquisa para alguns itens, às sextas.

A medida visa registrar se houve aumento nesses dias subsequentes em relação aos preços trabalhados durante os dias da realização da pesquisa habitual. A nova checagem calcula o índice de aumento para cada estabelecimento pesquisado.

Nesta semana todos os supermercados avaliados registraram aumento. Sendo que o Hiper Bompreço, embora tenha aumentado o valor para alguns itens, foi o que teve um percentual menor, de 4,44% com total de R$ 134,41 para os itens checados.

Em seguida, ocupando o segundo lugar em economia está o Extra, total no valor de R$ 141,02, mas que ocupou a segunda maior classificação em relação ao aumento de preços comparativos com os da última pesquisa realizada (10,26%).

Já o Comercial Carvalho foi o supermercado que teve o terceiro menor valor para os preços checados, R$ 145,38, mas que teve o segundo melhor percentual de variação em relação ao aumento dos preços (6,59%).

O supermercado Pão de Açúcar teve o maior percentual de variação em relação ao aumento de preços(11,16%) e ainda o maior valor checado para o total de itens pesquisados, R$ 149,76.

A checagem de preços em dias alternados será uma prática nova a ser incorporada à pesquisa durante todas as semanas, já que, como missão, o Jornal Meio Norte preza pelo interesse de servir aos leitores e ajudar com que as famílias tenham ferramentas eficazes para garantir a economia e a terem uma melhor cultura em relação às compras que realizam.

Maxxi aparece como o mais vantajoso entre os atacados

A auditoria desta semana deu uma "balançada" em relação ao ranking obtido na pesquisa de preços. O Maxxi agora aparece na primeira colocação, com uma redução de 1,48% na soma dos preços dos 15 itens considerados na auditoria, em relação ao começo da semana.

O atacadista reduziu o preço de nada menos que oito itens, e manteve o preço de três. Com isso, assumiu a ponta. Entre os itens com preços reduzidos, estão o sabão em pó, o detergente, o óleo de cozinha e o açúcar, entre outros.

Em segundo lugar, aparece o Atacadão, campeão da pesquisa de preços. O atacadista do bairro Primavera registrou um aumento de 1,31% nos itens da auditoria.

O Carvalho, último colocado da pesquisa do começo da semana, aparece aqui em terceiro, com a maior alta: 4,33%. Por último, o Makro - que registrou o irrisório aumento de 0,16% nos itens, mas ainda assim atingiu a soma mais alta.











Fonte: Dowglas Lima e Marcilany Rodrigues