Banco Central prevê crescimento de 5,8% para o Brasil em 2010

A previsão de inflação para este ano, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu de 4,2% para 4,3% em 2009

O Banco Central divulgou relatório trimestral de inflação nesta terça-feira (22) em que projeta o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2010 em 5,8%. Segundo o órgão, a expectativa é de retomada crescente da atividade econômica, sustentado exclusivamente pela demanda interna. Para 2009, a previsão de crescimento foi reduzida de 0,8% para 0,2%.

A previsão de inflação para este ano, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu de 4,2% para 4,3% em 2009, em um cenário com a taxa Selic a 8,75% e dólar a R$ 1,75. Em 2010, segundo a autoridade monetária, a inflação deve ficar em 4,6%.

No Brasil, vigora o sistema de metas de inflação, pelo qual o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central tem de calibrar a taxa de juros para atingir uma meta pré-determinada com base no IPCA.

Para este ano, 2010 e 2011, a meta central de inflação é de 4,50%. Entretanto, há um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Com isso, o IPCA pode ficar entre 2,50% e 6,50% sem que a meta seja formalmente descumprida.

Fonte: g1, www.g1.com.br