Banco Central promete injetar R$ 100 Bi

Os depósitos compulsórios são os recursos que os bancos são obrigados a deixar depositado

O Banco Central informou nesta segunda-feira (13) que a diretoria da institui??o decidiu implementar, gradualmente, um programa de libera??o de todos os dep?sitos compuls?rios sobre dep?sitos a prazo, cuja al?quota ? de 15%, sobre dep?sitos interfinanceiros (leasing) e sobre a al?quota adicional de 5% de dep?sitos ? vista e a prazo.

Os dep?sitos compuls?rios s?o os recursos que os bancos s?o obrigados a deixar depositados na autoridade monet?ria. A medida resultar? na inje??o de R$ 100 bilh?es ao mercado financeiro - assim que for totalmente implementada. "As libera?es ser?o efetuadas de acordo com as necessidades de liquidez dos mercados", se limitou a informar o BC. Os recursos poder?o ser utilizados pelos bancos para fazerem empr?stimos a seus clientes.

Desde o agravamento da crise financeira internacional, com o an?ncio da concordata do banco de investimento norte-americano Lehman Brothers, o BC j? havia liberado cerca de R$ 60 bilh?es dos dep?sitos compuls?rios para as institui?es financeiras operarem. Isso porque j? come?ava a faltar recursos no mercado para empr?stimos interbanc?rios e, tamb?m, para os clientes dos bancos.

No fim de agosto, o BC retia cerca de R$ 259 bilh?es dos compuls?rios dos bancos. Ap?s as tr?s altera?es iniciais, cerca de R$ 200 bilh?es ainda permaneciam no BC. Com a decis?o anunciada nesta segunda-feira, a autoridade monet?ria est? informando que injetar?, com o passar do tempo e assim que julgar necess?rio, outros R$ 100 bilh?es no mercado financeiro - restando, entretanto, outros R$ 100 bilh?es retidos no Banco Central.

Fonte: g1, www.g1.com.br