Banco do Brasil bate recorde e tem lucro de R$ 12,2 bi em 2012

Banco do Brasil bate recorde e tem lucro de R$ 12,2 bi em 2012

BB bate recorde e lucra R$ 12,2 bi, com juros menores

O Banco do Brasil fechou o ano de 2012 com lucro líquido de R$ 12,2 bilhões. É o maior lucro da história do banco, informou nesta quinta-feira (21) a maior instituição financeira da América Latina por ativos..

No quarto trimestre, o lucro líquido foi de R$ 4 bilhões, alta de 45,5% em relação ao trimestre anterior.

Segundo nota divulgada pelo banco, a expansão da carteira de crédito foi o principal fator para o crescimento do lucro.

No ano passado, por determinação do governo, os bancos federais (BB e Caixa Econômica) reduziram os juros para empréstimo, o que aumentou a busca pelo serviço.

Ao final de 2012 os índices de inadimplência do BB se mantiveram menores do que os observados no sistema financeiro nacional.

O índice de pagamentos atrasados há mais de 90 dias ficou em 2,05% da carteira de crédito, abaixo dos 2,16% em dezembro de 2011.

No mesmo período, o sistema financeiro nacional registrou aumento no seu índice, de 3,60% em dezembro de 2011 para 3,64% em dezembro de 2012.

Para 2013, a expectativa do BB é de crescimento de 16% a 20% na carteira de crédito ampliada no país.

4º trimestre

No quatro trrimestre, o banco fechou com lucro líquido recorrente acima do esperado pelo mercado, impulsionado por um crescimento de dois dígitos em sua carteira de crédito e queda na inadimplência.

A carteira de crédito ampliada do Banco do Brasil, incluindo operações no exterior, cresceu 24,9% em 2012, para R$ 580,799 bilhões. No Brasil, a carteira do banco terminou o ano passado em R$ 534,367 bilhões, avanço de 24,2%, acima da expectativa da instituição, de crescimento de 17% a 21%.

Caixa também lucrou com queda dos juros

Na terça-feira, a Caixa Econômica Federal anuciou que sua carteira cresceu 42% no ano passado, avanço quase cinco vezes maior do que a taxa média de seus principais concorrentes privados --Itaú Unibanco (ITUB4), Bradesco (BBDC4) e Santander Brasil (SANB11) .

Fonte: UOL