Bancos de todo Brasil vão entrar em greve a partir do dia 18; saiba

Bancos de todo Brasil vão entrar em greve a partir do dia 18; saiba

A categoria reivindica um reajuste salarial de 10,25 % (aumento real de 5%) e um piso nacional de R$ 2.589

Os bancários decidiram, na noite da última terça-feira, dia 4, que entrarão em greve a partir do próximo dia 18. A categoria participou de mais uma rodada de negociações com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), mas como a proposta de aumento foi mantida em 6%, eles decidiram parar.

De acordo com o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Carlos Cordeiro, as instituições não trouxeram novidades para a mesa de negociação.

? Foi muito ruim e frustrante. A orientação é para que todos os sindicatos façam assembleias a partir do dia 12 para que possamos parar no dia 18 ? anunciou.

A categoria reivindica um reajuste salarial de 10,25 % (aumento real de 5%) e um piso nacional de R$ 2.589.

A Fenaban ofereceu também uma Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 90% do salário, acrescida de um valor fixo de R$ 1.484. Os trabalhadores, porém, querem o valor correspondente a três salários mais R$ 4.961 de parcela não variável.

Segundo o presidente da Contraf-CUT, o movimento deseja, ainda, a manutenção dos postos de trabalho:

? O Itaú quer cortar dez mil empregos e estamos tendo muitas demissões no HSBC ? disse ele, acrescentando que há também problemas de assédio moral em todas as instituções.

Fonte: Extra