Bolsa de Nova York encerra semana em queda

O Dow Jones Industrial Average perdeu 122,42 pontos, a 7.278,38 unidades

A Bolsa de Nova York fechou em queda nesta sexta-feira (20), afetada, como na véspera, por realizações de lucros, principalmente sobre os valores financeiros: o Dow Jones caiu 1,65%, e o Nasdaq, 1,77%.

O Dow Jones Industrial Average perdeu 122,42 pontos, a 7.278,38 unidades, e o Nasdaq, de alto componente tecnológico, recuou 26,21 pontos, a 1.457,27 unidades, segundo números definitivos do fechamento

O índice ampliado Standard & Poor"s 500, por sua vez, cedeu 1,98% (15,50 pontos), a 768,54 unidades.

Assim como na quinta-feira, os índices do mercado nova-iorquino começaram vacilantes, antes de cair no meio da sessão, com um volume de operações engordado pela expiração de opções.

"Ganhamos cerca de 15% em relação aos níveis mais baixos do começo de março; em consequência, alguns investidores realizaram seus lucros", explicou Anthony Conroy, operador da BNY ConvergEx Group.

O Dow Jones avançou cerca de "1.000 pontos em sete sessões, não é de surpreender que haja realizações de lucros antes do fim de semana", apontou Mace Blicksilver, diretor da administração de ativos Marblehead Asset Management.

Os valores bancários, que subiram fortemente nas duas últimas semanas, foram os mais afetados: a ação do Bank of America caiu 10,68%, a do JPMorgan Chase, 7,21%, e a da American Express, 6,20%.

"Há temores sobre o que acontece no Congresso", acrescentou Blicksilver.

A Câmara dos Representantes prepara um projeto de lei para proibir as empresas que receberam fundos públicos, que premiem seus executivos com bonificações "não baseadas na performance". Na quinta-feira, foi aprovado um projeto estabelecendo em 90% os impostos sobre as bonificações, como as pagas pela seguradora AIG.

O mercado obrigatório caiu. O rendimento dos bônus do Tesouro a dez anos aumentou a 2,625%, contra 2,597% na quinta-feira, e o dos títulos a 30 anos, a 3,654%, contra 3,612%.

Quinta-feira

Na véspera, as bolsas de valores dos Estados Unidos encerraram o pregão em queda, com preocupações de que os últimos esforços do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) para conter a recessão norte-americana sejam muito caros e ainda pouco testados, estimulando investidores a realizar lucros com ações de bancos depois de uma recente alta.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, fechou em baixa de 1,15%, a 7.400 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq perdeu 0,52%, para 1.483 pontos. O índice Standard & Poor"s 500 teve desvalorização de 1,30%, a 784 pontos.

Fonte: g1, www.g1.com.br