Bolsa de Nova York fica fechada por causa do furacão "Sandy"

Bolsa de Nova York fica fechada por causa do furacão "Sandy"

Intenção é reabrir na quarta-feira (31), caso condições climáticas permitam.

A Bolsa de Nova York permanecerá totalmente fechada na terça-feira (30) por conta da chegada do furacão "Sandy", anunciou o órgão nesta segunda-feira (29). A bolsa também está fechada nesta segunda.

A intenção é reabrir os mercados na quarta-feira (31), caso as condições climáticas permitam, diz a NYSE, em nota. Um novo comunicado deve ser divulgado na terça com atualizações.

O órgão informou que as operações seguem fechadas em ação coordenada com todos os mercados de ações, títulos, opções e derivativos dos Estados Unidos.

?As perigosas condições desenvolvidas por conta do furação Sandy fará que com seja extremamente difícil assegurar a segurança dos funcionários e a segurança é nossa prioridade?, diz a bolsa, em comunicado divulgado mais cedo.

Wall Street havia originalmente se preparado para abrir para negócios nesta segunda-feira com poucos funcionários, após o fechamento do transporte público de massa em Nova York, agendando quartos de hotéis para empregados essenciais e se apoiando em escritórios em outras cidades.

A decisão de fechar os mercados acionários aconteceu após reguladores, operadores de bolsas e operadores terem discutido as incertezas que seriam enfrentadas se os mercados abrissem nesta segunda-feira, disseram fontes próximas à situação.

Excetuando os quatro dias de fechamento pelos atentados terroristas do dia 11 de setembro de 2001, a última vez que a bolsa nova-iorquina fechou suas operações físicas foi em 27 de setembro de 1985 devido ao furacão "Gloria".

Fonte: G1