Bovespa atinge maior pontuação no ano

O recorde anterior no ano havia sido atingido em 19 de outubro, quando o Ibovespa, principal índice da Bolsa paulista, chegou a 67.239 pontos

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) fechou em alta pelo terceiro dia seguido, subindo 1,17% para 67.405 pontos, nova máxima do ano.

O recorde anterior no ano havia sido atingido em 19 de outubro, quando o Ibovespa, principal índice da Bolsa paulista, chegou a 67.239 pontos.

Após um dia de oscilação, a alta da bolsa nesta terça foi apoiada nos ganhos das ações da Petrobras e de outras companhias ligadas a commodities metálicas. O giro financeiro da sessão foi de R$ 6,7 bilhões.

O avanço nos preços internacionais do petróleo e o anúncio pela companhia de uma nova reserva do produto na Bacia de Campos combinaram-se para colocar as ações da Petrobras entre as líderes de ganhos do índice. A Petrobras e a Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola também anunciaram nesta terça a descoberta de óleo "de excelente qualidade" em águas profundas em Angola, 200 quilômetros ao norte de Luanda.

As ações da Petrobras e da Vale fecharam em alta. Petrobras PN saltou 2,72% (a R$ 38,40) e movimentou R$ 1,323 bilhão no índice; Petrobras ON ganhou 2,67% (a R$ 44,15); Vale PNA avançou 1,54% (a R$ 43,30) e Vale ON ganhou 1,31% (a R$ 49,41).

Entre outros papéis importantes no Ibovespa, Itaú Unibanco PN subiu 0,60% (a R$ 38,48); BM&FBovespa ON teve performance mais modesta, com ganho de 0,08% (a R$ 12,28); e Bradesco PN fechou com valorização de 1,11% (a R$ 36,40)

O Ibovespa se descolou da fraca performance das bolsas dos Estados Unidos, em dia de indicadores desencontrados da economia norte-americana.

Fonte: g1, www.g1.com.br