Bovespa cai 2% puxada pela Petrobras

O volume financeiro de negócios somava R$ 1,3 bilhão

A Bolsa de Valores de S?o Paulo (Bovespa) abriu a ?ltima semana do m?s no vermelho, puxada pelas a?es de maior peso no ?ndice, que copiavam a tend?ncia negativa de Wall Street. ?s 13h33, o Ibovespa registrava decl?nio de 2,14%, para 54.653 pontos. O volume financeiro de neg?cios somava R$ 1,3 bilh?o.

Segundo profissionais do mercado, os investidores est?o preferindo um tom mais cauteloso nos neg?cios, enquanto aguardavam a divulga??o de importantes indicadores da economia dos Estados Unidos. "Estamos acompanhando l? fora", disse o diretor da Trust Investimentos, J?nior Hydalgo.

Nesta manh?, a Associa??o Nacional dos Corretores informou que as vendas de casas usadas nos Estados Unidos cresceram 3,1% em julho, em linha com as expectativas do mercado, insuficiente para tirar o foco dos investidores na ata da ?ltima reuni?o do Federal Reserve, que ser? divulgada na ter?a-feira.

Em destaque na bolsa paulista, as a?es preferenciais da Petrobras, as mais importantes do Ibovespa, recuavam 2,94%, a R$ 34,25.

De acordo com analistas, os investidores seguem tensos com as discuss?es em torno de uma nova regulamenta??o para explorar as reservas de petr?leo na camada pr?-sal.

"Acreditamos num risco pol?tico, mesmo que reduzido, que pode levar ? desapropria??o da camada pr?-sal, impedindo a Petrobras de explorar as reservas", disse Andr? Segadilha, gerente de an?lise da Prosper Corretora, em relat?rio.

As a?es tamb?m acusavam a queda na cota??o do barril de petr?leo para a faixa dos US$ 113.

O movimento negativo, no entanto, era seguido pelo conjunto do mercado. Das 66 a?es que comp?em do Ibovespa, 49 operavam no vermelho, com destaque para o setor de commodities met?licas.

A Companhia Sider?rgica Nacional ca?a 2,86%, para R$ 53,90. As preferenciais da Vale recuavam 2,36%, para R$ 37,20.

Em contrapartida, a queda do petr?leo permitia um respiro no setor de avia??o. As preferenciais da Gol avan?avam 1,41%, para R$ 14,30; enquanto as preferenciais da TAM tinham ganho de 0,81%, a R$ 32,25.

Fonte: Invertia, www.invertia.com.br