Bovespa registra a 3ª queda seguida e acumula baixa de 4% na semana

Plano dos EUA para limitar ação de bancos criou onda de pessimismo

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) teve um pregão volátil nesta sexta-feira (22), antes de fechar no vermelho pela terceira vez seguida, ainda acusando o pessimismo dos mercados globais com o plano do governo dos EUA de limitar negócios de risco de grandes bancos do país. 

O índice Ibovespa, referência para o mercado nacional, recuou 0,08% no dia, para 66.220 pontos. O giro financeiro da sessão foi de R$ 7 bilhões, em linha com a média registrada nos últimos dias. Na semana, a desvalorização ficou em 4%.

Notícias corporativas

O pregão também foi marcado pelo denso noticiário corporativo doméstico, com destaque para Eletrobrás, que anunciou o plano de pagamento de dividendos atrasados e suas ações dispararam. A Braskem, por sua vez, fechou a compra da rival Quattor, criando a oitava maior petroquímica do mundo. E o Bradesco anunciou a compra das operações do banco Ibi no México.

Fonte: g1, www.g1.com.br