Brasil cria mais de 1 milhão de empregos formais no 1º semestre

A quantidade é 2,76% maior que a registrada em dezembro de 2011

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta segunda-feira, dia 23, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) demonstram que o Brasil criou 1.047.914 novos postos de trabalho formal no primeiro semestre do ano. A quantidade é 2,76% maior que a registrada em dezembro de 2011.

Em junho de 2012, foram gerados 120.440 postos de trabalho celetistas, equivalentes ao crescimento de 0,31% sobre a quantidade de assalariados do mês anterior. Houve expansão do emprego em todos os oito setores de atividade econômica. O total de admissões em junho foi de 1.732.327, o segundo maior para o mês, e o de desligamentos atingiu 1.611.887, o maior para o período.

No primeiro semestre do ano, todos os oito setores de atividade econômica apresentaram expansão, com destaque para serviços, com 469.699 postos (+3,05%). O ensino foi responsável pela abertura de 86.517 novas vagas (+6,35%), o de serviços médicos e odontológicos, com 60.339 postos (+3,80%). Em seguida, está a construção civil, com 205.907 postos (+7,13%).

Fonte: Extra