Brasil deve crescer até 10% no 3º trimestre

Segundo ele, expansão do PIB será superior aos 7,8% do 2° trimestre

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve crescer entre 8% e 10% no terceiro trimestre de 2009, em relação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com previsão do ministro da Fazenda, Guido Mantega.

O ministro fez a avaliação nesta terça-feira (10) durante palestra no Fórum Econômico Brasil-Itália, realizado em São Paulo. Segundo ele, o desempenho será superior à taxa de expansão observada no segundo trimestre. "Tivemos apenas dois trimestres de PIB negativo. O último do ano passado e o primeiro desse ano.

No segundo desse ano, já passamos a ter um PIB positivo, especificamente de 7,8%", disse. Ao prever um PIB positivo anualizado entre 8 e 10%, Mantega ressaltou que "a economica brasileira já saiu da crise e está em recuperação". Ele afirmou que o PIB cresce a uma taxa anualizada entre 4% e 5% ao ano e que o país deve terminar 2009 com crescimento de 1%.

IOF

Diante de uma plateia com cerca de 400 pessoas, entre eles empresários italianos, Mantega voltou a justificar a adoção do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre o fluxo de capital estrangeiro para ações e renda fixa. "Nós queremos que o capital estrangeiro venha para a bolsa, venha para investimentos diretos e para aplicações financeiras. O que nao queremos é que haja um exagero de aplicações e portanto estamos garantindo que não haverá bolhas na bolsa de valores do Brasil e que não haverá excesso de valorização da moeda brasileira", explicou o ministro.

Fonte: g1, www.g1.com.br