Brasil tem o quinto Big Mac mais caro do mundo, diz pesquisa de uma revista

Big Mac nacional custa US$ 5,28, e é mais caro que o dos EUA, onde sai por US$ 4,56

Apesar da valorização de 11% do dólar ante o real neste ano, o Big Mac brasileiro ainda é o 5º mais caro do mundo, de acordo com levantamento da revista The Economist. O Big Mac nacional custa US$ 5,28 (R$ 11,97), e é mais caro que o dos EUA, onde sai por US$ 4,56 (R$ 10,34). Segundo esse ranking, a moeda brasileira estaria mais valorizada que a americana.


Brasil tem o quinto Big Mac mais caro do mundo, diz revista

Segundo o ranking da Economist, o Big Mac mais caro é o da Noruega, seguido pela Venezuela, Suíça, Suécia, Brasil, Canadá, Uruguai, Dinamarca, Israel e EUA. Dentre os mais baratos estão os Big Macs da Índia, África do Sul, Hong Kong, Malásia, Ucrânia, Egito, China, Taiwan, Rússia e Filipinas.

Fonte: Terra