Brasil vai anunciar venda de 25 aviões da Embraer em visita de líder chinês

Informação foi confirmada por assessor da presidente Dilma Rousseff. Venda de jatos e parceria de infraestrutura estão entre acordos assinados.

governo brasileiro deve anunciar a venda de cerca de 25 aviões da Embraer para empresas aéreas chinesas na quinta-feira (17), durante visita do presidente da China, Xi Jinping, disse uma autoridade brasileira.

Marco Aurélio Garcia, assessor de Assuntos Internacionais da presidente Dilma Rousseff, disse na véspera que a venda de aviões e planos de parceria em projetos de infraestrutura no país, como ferrovias, estão entre os acordos a serem anunciados.

A Embraer tem buscado expandir suas operações de fabricação na China, mercado chave para a terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo. Mas planos para sua fábrica de jatos regionais em Harbin para fazer e-Jets não foram aprovados pelas autoridades chinesas como a China está investindo num concorrente para o mesmo tamanho de aeronave.

Já a Embraer está fazendo o jatos executivos Legacy 650 em Harbin, embora as perspectivas para as vendas de jatos executivos chineses tenham piorado recentemente em meio à queda do consumo na China.

Xi fará uma visita de Estado a Brasília após participar de uma reunião de cúpula do Brics, que reúne as principais economias emergentes do mundo, que vai lançar um banco de desenvolvimento e um fundo de reservas de emergência para avançar a cooperação financeira entre Brasil, China, Índia, Rússia e África do Sul.

Fonte: G1 Globo