Brasil vai analisar dívidas de quase US$ 1 bilhão com africanos

Brasil vai analisar dívidas de quase US$ 1 bilhão com africanos

Governo vai renunciar US$ 897,7 milhões em débitos, anunciou a presidente Dilma

O governo brasileiro anunciou neste sábado que perdoará ou negociará dívidas com 12 países africanos, o que totalizará US$ 897,7 milhões. A iniciativa, divulgada pela presidente Dilma Rousseff neste sábado na capital da Etiópia, acontece para limpar o nome dos países que contraíram dívidas com o Brasil principalmente durante as décadas de 70 e 80, e assim viabilizar novos negócios e investimentos. Além disso será criada uma agência de comércio para a África e América Latina. O Brasil tem interesse em aumentar seus investimentos no continente, que tem seis países na lista dos dez com maior crescimento econômico registrado nos últimos anos no mundo.

? O sentido dessa negociação é o seguinte: se nós não conseguirmos estabelecer esse perdão da dívida, pelo menos de parte, não consigo ter relações com eles, tanto do ponto de vista de investimento, de financiar empresas brasileiras nos países africanos, e também relações comerciais que envolvam maior valor agregado. O sentido é uma mão dupla: beneficia o país africano e beneficia o Brasil ? disse a presidente.

Os países que estão sendo beneficiados ou com o perdão da dívida com o Brasil ou com formas facilitadas de quitá-las são: Costa do Marfim, Gabão, Guiné, Guiné Bissau, Mauritânia, República Democrática do Congo, Congo, São Tomé e Príncipe, Senegal, Sudão, Tanzânia e Zâmbia. A presidente participa das comemorações dos 50 anos da União Africana.

Fonte: O Globo