Brasil vende mais produtos do que compra do exterior em dezembro

Saldo comercial da primeira semana do mês é de R$ 979,4 milhões

O Brasil vendeu mais produtos ao exterior do que comprou na primeira semana de dezembro. Ou seja, as exportações superaram as importações em R$ 979,4 milhões (US$ 580 milhões). Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (6) pelo MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).

Nos três dias úteis analisados, as exportações somaram R$ 4,508 bilhões (US$ 2,670 bilhões) e as importações (compra de produtos estrangeiros) R$ 3,529 bilhões (US$ 2,090 bilhões). Na média diária, o valor das compras ficou em R$ 1,176 bilhão (US$ 696,7 milhões). Os motivos do aumento da entrada de importados no país ao longo do ano são o dólar barato e o aquecimento do mercado brasileiro.

A corrente de comércio (soma das exportações e das importações) ficou em R$ 8,037 bilhões (US$ 4,760 bilhões), com média diária de R$ 2,678 bilhões (US$ 1,586 bilhões).

Com esse resultado, de janeiro até agora o saldo da balança comercial brasileira (diferença entre tudo o que o país vendeu ao exterior e tudo que comprou de outros países) ficou em R$ 26,195 bilhões (US$ 15,513 bilhões), queda de 33,9 % em relação ao mesmo período do ano passado, que registrou resultado positivo de R$ 39,652 bilhões (US$ 23,482 bilhões).

No último dia 1º, o MDIC alterou sua previsão para as exportações e aumentou de R$ 329 bilhões (US$ 195 bilhões) para R$ 334 bilhões (US$ 198 bilhões) o valor que o Brasil deve vender em produtos ao exterior até o final do ano. Caso se concretize, estará se repetindo o recorde registrado em 2008, ou seja, antes da crise financeira que derrubou as vendas de mercadorias nacionais.

O que é a balança comercial

Quando o Brasil vende mais do que compra do exterior, dizemos que a balança comercial do país teve saldo positivo. E, quando as compras de produtos estrangeiros são maiores do que as nossas vendas para outros países, esse saldo da balança fica negativo.

Fonte: R7, www.r7.com