Brasileiros estão entre os seis que mais compram imóveis em Nova York

No ano passado, a venda para os brasileiros apresentou alta de 21% em relação a 2011

Os imóveis em Nova York se tornaram os favoritos dos brasileiros nos Estados Unidos, sendo que os compradores do Brasil já ocupam a 6ª posição entre as nacionalidades estrangeiras que mais compraram imóveis na cidade durante o ano de 2012. As cinco primeiras nacionalidades que mais compram propriedades na região são os canadenses, chineses, mexicanos, indianos e ingleses informou a imobiliária Elite International Realty .

No ano passado, a venda para os brasileiros apresentou alta de 21% em relação a 2011, enquanto que a venda para os americanos foi de apenas 4%, segundo um levantamento da Hibou/Zapt. Para o diretor da Elite, Leo Ickowicz, os brasileiros buscam apartamentos com preço maior e com espaço luxuoso e confortável, tanto para férias como para negócios.

"O mercado imobiliário americano segue aquecido para brasileiros porque lá os preços e os juros estão baixos e há perspectivas de valorização enquanto que, no Brasil, os preços dos imóveis continuam em alta", afirma.

Perfil

Seguindo o levantamento, a maioria dos imóveis adquiridos pelos brasileiros (63%) está dividido entre studios de até 40 metros quadrados e moradias entre 110 e 140 metros quadrados, com dois ou três quartos. Os principais compradores dos studios são jovens que vão à cidade a trabalho e que procuram uma propriedade com liquidez e praticidade. Já os de maior metragem, são a prferência dos compradores mais maduros que buscam conforto e longevidade na aquisição.

Quanto ao motivo da aquisição, a maioria faz a para investimento pela valorização em dólar e por não existir mais áreas onde crescer em Manhattan. No entanto, planeja utilizar o apartamento entre dois e três meses do ano, deixando o mesmo n o restante do ano para locação por empresas ou sites especializados.

Fonte: UOL