Brasileiros ficaram, em média, 18,65 horas sem luz em 2012

Brasileiros ficaram, em média, 18,65 horas sem luz em 2012

É o maior tempo sem luz desde 2009, quando linha de Itaipu caiu. Quantidade de interrupções, no entanto, vem caindo e foram 11,1 em 2012.

O brasileiro ficou, em média, 18,65 horas sem luz no ano passado, segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). É o maior tempo desde 2009, ano em que houve queda de uma das linhas de Itaipu para o Brasil. Naquele ano, a duração das interrupções chegou a 18,77 horas. O índice que calcula o tempo sem energia é o DEC.

Em novembro de 2009, houve queda, por motivos técnicos, de uma das linhas que traz a energia de Itaipu para o Brasil causando um apagão que afetou pelo menos 10 Estados, principalmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

O número médio de interrupções (FEC), no entanto, vem caindo, segundo os dados da Aneel, e alcançou 11,1 no ano passado. De acordo com os dados da agência, houve menos interrupções em 2012, mas elas foram mais longas.

A quantidade de horas que os brasileiros ficaram sem luz ficou acima do limite médio estabelecido pela Aneel, de 15,87 horas. Essa situação é apurada pela agência desde 2009.

Quando isso ocorre, as empresas têm de compensar os clientes por meio de descontos, que deve ser abatido na fatura. No ano passado, as compensasões pagas pelas concessionárias e permissioárias somaram R$ 415,38 milhões.

Fonte: G1