Caixa Econômica Federal é autorizada a aumentar preço da aposta da Mega-Sena, Lotofácil e Quina

Caixa Econômica Federal é autorizada a aumentar preço da aposta da Mega-Sena, Lotofácil e Quina

Aposta mínima da Mega será R$ 2,50; da Loto, R$ 1,50, e da Quina, R$ 1

Portaria publicada nesta quinta-feira (17) no "Diário Oficial da União" autoriza a Caixa Econômica Federal (CEF) a reajustar os preços das apostas das loterias Mega-Sena, Lotofácil e Quina.

De acordo com a portaria, a Caixa fica autorizada a elevar os preços da aposta mínima da Mega-Sena, a partir de 11 de maio de 2014, de R$ 2 para R$ 2,50 (constituída de 6 números) .

No caso da Lotofácil, de R$ 1,25 para R$ 1,50 (composta de 15 números), a partir de 10 de maio. Para a Quina, de R$ 0,75 para R$ 1 (composta por 5 números), também a partir de 11 de maio.

A portaria diz, ainda, que a Caixa deverá ajustar os valores das apostas constituídas de 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14 e 15 números da Mega-Sena, e de 16, 17 e 18 números da Lotofácil, nos dois casos, de acordo com a proporção da quantidade de apostas combinadas realizadas.

Autoriza, ainda, o reajuste das apostas de 6 e 7 números da Quina para R$ 4 e R$ 10, respectivamente.

Os valores da premiação fixa das apostas vencedoras com 11, 12 e 13 números da Lotofácil serão reajustados para, respectivamente, R$ 3, R$ 6 e R$ 15.

A Caixa deverá divulgar os novos preços das apostas com, no mínimo, 10 dias de antecedência de cada data estabelecida, diz a portaria. Os ajustes serão efetivados mediante publicação, no "Diário Oficial da União", até 30 de abril.

Fonte: G1