Caixa vai construir primeira agência-barco

Projeto visa a atender 253 mil pessoas em oito municípios cortados pelo rio Solimões

O Amazonas deve ser o primeiro do Brasil a ter uma agência-barco para atender as populações ribeirinhas. A Caixa Econômica Federal lançou nesta segunda-feira (24) um edital de licitação para contratar a embarcação bancária.

O projeto deve atender no rio Solimões, no trecho Manaus-Coari, numa área de oito municípios (Iranduba, Manaquiri, Manacapuru, Anamã, Beruri, Anori, Codajás e Coari) habitada por 253 mil pessoas, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A área atendida é maior do que a dos Estados de Pernambuco e Sergipe juntos.

A Caixa diz que pretende ampliar as opções de prestação de serviços e a inclusão bancária para essa população.

Serão oferecidos serviços de abertura de contas, atendimento social ? como pagamento e movimentação de PIS (Programa de Integração Social), FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviços) e seguro-desemprego ?, financiamento habitacional e microcrédito produtivo.

A Caixa estuda oferecer o serviço nos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima.

O edital, publicado no Diário Oficial da União, prevê o fornecimento de serviços de navegação em embarcação com capacidade para 65 pessoas, com toda a infraestrutura naval, incluindo energia, iluminação, comunicações, ar condicionado e serviços de limpeza, copa, cozinha e de tripulação e manutenção do barco.

Segundo a Caixa, a agência-barco deve ter serviços e soluções de segurança, vigilância armada, sistema de monitoramento de imagens, controle de acesso e sistema de localização e rastreamento.

A licitação deve ocorrer em junho de 2010. O edital pode ser obtido no site da Caixa (http://www.caixa.gov.br/).

Fonte: R7, www.r7.com