Capitalização da Petrobras vai a R$ 120 bilhões

Ações ON sairão a R$ 29,65 e PN a R$ 26,30, o mesmo da oferta principal.

O Conselho de Administração da Petrobras decidiu nesta sexta-feira (1) pela emissão de lote suplementar na oferta de ações, em razão da forte demanda. Serão distribuídas até 75.198.838 ações ordinárias (ON, com direito a voto) e 112.798.256 ações preferenciais (PN), pelo preço de emissão de R$ 29,65 por ação ON e R$ 26,30 por PN, o mesmo valor definido na oferta.

O lote suplementar, então, corresponde a R$ 5,196 bilhões, o que eleva a capitalização da estatal a um total de R$ 120,248 bilhões. A opção do lote suplementar foi exercida integralmente pelo Morgan Stanley, um dos bancos coordenadores da oferta.

A liquidação da operação dos novos papéis da Petrobras ocorreu na quarta-feira (29). Neste dia, as ações ON e PN da petrolífera somaram 37% do total de negócios da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), com valor equivalente a R$ 3,288 bilhões.

Participação

Com a oferta do lote suplementar, a participação do governo na Petrobras teve discreta redução. A nova distribuição fica da seguinte maneira: União detém 31,1% do capital social da Petrobras, o BNDESPar fica com 11,6%, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com 1,7% e o Fundo Soberano com 3,9%, o que totaliza uma participação de 46,9%. Considerando o capital votante (ações ON, com direito a voto), a fatia do governo chega a 63,6%.

Fonte: g1, www.g1.com.br