Carros de luxo tem fila de espera no país

Só nos quatro primeiros meses desse ano, 3,5 mil unidades foram vendidas.

Não foi só o poder aquisitivo das classes C e D que aumentou. Consumidores das classes A e B também estão com mais dinheiro para gastar.Com isso, cresceu também o mercado dos carros de luxo. Há fila de espera para a aquisição de carros que valem de R$ 500 mil a R$ 1 milhão.

Em 2007 foram comercializadas menos de 5,7 mil unidades. No ano passado foram mais de 8 mil. Só nos quatro primeiros meses desse ano, quase 3,5 mil. Nas lojas, há modelos esportivos, conversíveis, clássicos, que conquistam o consumidor.

O dentista Fernando Lauretti já tem um carro importado, mas está namorando um modelo mais luxuoso: ?Quem planeja consegue alcançar um objetivo?.

Um dos mais vendidos do segmento de luxo curiosamente não é o mais barato. É um modelo sedan, quatro portas, estilo executivo ? o carro não sai da concessionária por menos de R$ 140 mil. Mas o que atrai os compradores nem é tanto o visual ou a potência do motor. É tecnologia ao alcance dos olhos.

Há um sistema que permite passar toda a agenda do celular para o computador de bordo; é só apertar o botão e pedir que o carro faz a ligação telefônica.

Outro modelo faz tudo sozinho. Encontra vaga, dá todas as orientações para o motorista estacionar e mostra tudo no painel. Se o motorista se distrair e estiver quase derrapando, o computador corrige a trajetória e evita o acidente. O pneu, mesmo furado, roda até 150 quilômetros sem nenhum problema.

O modelo mais caro de uma concessionária de São Paulo custa R$ 700 mil. Esse ano, nove já foram vendidos. A empresa acredita que ainda tem muito espaço para crescer.

?Se você comparar, o mercado de luxo no Brasil é 0,5% do mercado total de automóveis. Em países vizinhos, chega a 1%. Tem muito que crescer?, diz o diretor de vendas Leandro Radomle.

Prestações de R$ 14 mil por mês

Os vendedores dizem que comprar um carro de luxo não é mais tão difícil. Também tem financiamento em até em 36 vezes. Se o consumidor comprar um modelo de luxo ficará com uma prestação mensal de no mínimo R$ 14,1 mil por três anos.

Financiadas ou não, as vendas não param de crescer. Em março, a concessionária mostrada na reportagem vendeu 644veículos ? 135% a mais do que em março do ano passado.

Quem compra um carro assim tem que se preparar para outras despesas. Se o carro for licenciado em São Paulo, por exemplo, vai pagar um IPVA de R$ 18 mil.

Fonte: g1, www.g1.com.br