Pesquisa:Casa própria e estudo são os sonhos da Classe C

O levantamento mostra que 81% dos entrevistados pretendem adquirir a casa própria nos próximos meses.

Agora com renda maior, a população que ascendeu à Classe C tem dois desejos: comprar a casa própria e prosseguir com os estudos. As intenções foram levantadas em pesquisa com 2 mil pessoas da Classe C encomendada pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) ao Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE).


Casa própria e estudo são os sonhos da Classe C, mostra pesquisa

O levantamento mostra que 81% dos entrevistados pretendem adquirir a casa própria nos próximos meses. Não há diferença significativa entre as populações rural e urbana que se encaixam nesse grupo - famílias com renda mensal de R$ 1.200 a R$ 5.200.

A busca por novas oportunidades também é um das prioridades para 13% dos entrevistados da área urbana e 17% dos entrevistados da área rural. Em geral, 49% dos entrevistados da Classe C acessam a internet, sendo que na área urbana esse índice é de 52% e na área rural, bem menor, de 28%.

A pesquisa também aponta que a Classe C não é homogênea e, por isso, demanda políticas diferenciadas do Governo Federal. O levantamento divide o grupo em "Classe C tradicional", "Classe C mais" e "Classe C menos", que representam respectivamente 41%, 39% e 20% do total do segmento.

Os principais problemas ocorrem entre os integrantes da "Classe C menos", que possuem menos tempo de estudo e ainda sofrem para conseguir boa colocação no mercado de trabalho.

A pesquisa mostra que 88% da Classe C vive em áreas urbanas e 12% em áreas rurais. Na população brasileira em geral, 84% vive em áreas urbanas e 16% em áreas rurais.

Fonte: Estadão, www.estadao.com.br