Casas Bahia e Pão de Açúcar já têm papéis para assinar fusão

Famílias Klein e Diniz receberam os papéis com os novos termos da união

As redes Pão de Açúcar e Casas Bahia caminham, enfim, para o desfecho da fusão entre as duas empresas. As famílias Diniz, do Pão de Açúcar, e Klein, da Casas Bahia, já têm nas mãos os papéis para assinar a união, e depende delas a decisão da assinatura. Isso pode ocorrer ainda nesta quinta-feira, embora não se descarte que a assinatura fique para a próxima semana.

De forma que pegou o mercado de surpresa, as duas redes anunciaram sua união em dezembro do ano passado. No dia 13 de abril, no entanto, pouco mais de cinco meses após o anúncio da fusão, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) recebeu do Pão de Açúcar a informação de que a operação seria revista.

Os Klein se mostraram insatisfeitos com os termos da união, já que, segundo eles, a Casas Bahia teria sido subavaliada. O aluguel das lojas da rede ao Pão de Açúcar, por exemplo, ficaria abaixo dos R$ 130 milhões por ano que havia sido calculado pelas empresas.

Juntas, Casas Bahia e Pão de Açúcar formam uma gigante do varejo com faturamento anual de cerca de R$ 40 bilhões.

Fonte: IG