CEF anuncia liberação de FGTS para famílias atingidas pelas chuvas no Rio de Janeiro

CEF anuncia liberação de FGTS para famílias atingidas pelas chuvas no Rio de Janeiro

Caixa anunciou ainda uma série de ações de auxílio às vítimas

A Caixa Econôminca Federal (CEF) informou nesta sexta-feira (9) que vai liberar o saque de FGTS para as famílias atingidas pelas chuvas no estado do Rio de Janeiro desde a última segunda-feira (5). A CEF anunciou ainda uma série de ações de auxílio às vítimas. Em todo o estado, segundo a Defesa Civil, são mais de 11 mil desabrigados. Os desalojados somam mais de 40 mil na tragédia, que já deixou 192 mortos.

Além das medidas que serão implementadas, o Superintendente Nacional de Atendimento, Elicio Lima, reforçou a disponibilidade da CEF em ajudar as famílias vitimadas, colocando à disposição dos governos estaduais e municipais das regiões atingidas pelas enchentes o orçamento existente para projetos habitacionais e também a equipe técnica do banco.

Dentre as ações anunciadas que fazem parte da política de apoio a calamidades criada pela Instituição, estão o pagamento de FGTS ? o atendimento às vítimas será priorizado em todas as agências, tão-logo sejam cumpridos os trâmites legais para a liberação. O serviço poderá ser efetuado em horários e locais especiais, em articulação com o poder público.

A CEF também terá a abertura de uma conta (0199.006.2010-1) para recebimento de depósitos, em qualquer agência, casas lotéricas e correspondentes bancários, bem como transferência pela internet. Terá ainda o funcionamento de uma Central de Telemarketing (0800-7260101) para prestar informações sobre o recebimento de donativos e FGTS e fará emissão gratuita de CPF para as populações atingidas, entre outras.

A Caixa informou também que haverá a priorização dos projetos do Programa Minha Casa Minha Vida que beneficiem as localidades atingidas pelas enchentes.

Prefeitura do Rio libera R$ 125 milhões

Também nesta sexta (9), em medida emergencial, cerca de R$ 125 milhões foram liberados pela prefeitura do Rio para que secretarias municipais possam realizar obras que aplaquem os estragos causados pelas chuvas que atingem a cidade desde segunda-feira (5).

Seis secretarias foram beneficiadas com a verba municipal. São elas: Saúde e Defesa Civil, Obras, CET-Rio, RioLuz , GeoRio e Meio Ambiente.

De acordo com a Defesa Civil Municipal, os locais mais afetados ficam próximos a encostas: Morro do Turano e Querosene, no Rio Comprido; Morro dos Prazeres, em Santa Teresa; Morro do Borel, na Tijuca; além da Estrada Grajaú-Jacarepaguá.

A prefeitura informou que a verba de R$ 125 milhões é um reforço para o caixa das secretarias municipais. O dinheiro faz parte do orçamento do município para o ano de 2010.

Fonte: g1, www.g1.com.br