CEO do Google, Larry Page, defende que se deve trabalhar 4 horas por dia

Para Page, o mercado de trabalho não acompanhou a evolução das técnicas de produção, que tem agilizado o atendimento às necessidades básicas.


CEO do Google defende 4 horas de trabalho por dia

O CEO do Google, Larry Page, acredita que o avanço da tecnologia promete um futuro com menos horas de trabalho. Segundo o executivo, a ideia de que todos precisam trabalhar "freneticamente" para atender às necessidades não existe mais. As informações são do site Tech Times.

Para Page, o mercado de trabalho não acompanhou a evolução das técnicas de produção, que tem agilizado o atendimento às necessidades básicas, como comida, habitação, saúde e segurança. "Acho que há também um problema social que as pessoas não estão felizes por não terem trabalho. Precisamos nos sentir necessários, queridos e produtivos", disse o presidente.

Page sugere que, em vez de contratar uma pessoa para trabalhar por 40 horas semanais, as empresas poderiam contratar duas para trabalhar por 20 horas cada. Mesmo trazendo mais custos à indústria, a ideia tiraria a sobrecarga do profissional e reduziria drasticamente o desemprego, especialmente entre os jovens solteiros que não têm grandes gastos.

Fonte: UOL