Cerrado: Produção de grãos sobe e Piauí deve ultrapassar o Maranhão

Cerrado: Produção de grãos sobe e Piauí deve ultrapassar o Maranhão

Estado do Piauí passará a ocupar o segundo lugar na produção de grãos do Nordeste.

A produção de grãos do Piauí deve ultrapassar à do Maranhão em mais dois ou três anos. A estimativa é de técnicos da Superintendência Regional da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), tomando por base o último levantamento de safra realizado pelo órgão, no fim de março. Nesse caso o Estado passará a ocupar o segundo lugar na produção de grãos do Nordeste, ficando atrás apenas da Bahia.

Segundo José Drummond de Carvalho, do Setor de Apoio de Logística de Oferta, da Conab, no Piauí, na média, na safra deste ano, o Piauí já terá uma produtividade maior que a do Maranhão e apresentará um crescimento em torno de 17,9% em sua produção, enquanto os maranhenses deverão crescer apenas 6,5%. ?Com o crescimento que vem se verificando, acredito que em dois anos o Piauí já possa ser o segundo maior produtor de grãos do Nordeste?, avalia José Drummond de Carvalho.

Drummond acrescenta que o Piauí tem muito espaço para plantar e que esse não será um problema na hora de expandir as plantações no Estado. Segundo ele a análise aponta que, na safra atual, o Maranhão apresenta uma área plantada superior à do Piauí em 500 mil hectares, mas a distância entre os dois vem diminuindo ano após ano.

Para a próxima safra, só uma empresa deverá plantar 50 mil hectares de soja no município de Baixa Grande do Ribeiro. Na safra deste ano, pela primeira vez, a soja do Piauí alcançará uma produtividade de 3 mil quilos por hectare, o mesmo índice do Maranhão, mas na média geral de todos os produtos deverá ficar em 2.174 quilos por hectare, superior aos 2.025 quilos maranhenses. A Bahia, maior produtor do Nordeste, mantém a liderança com uma produtividade de 2.454 quilos por hectare.

Fonte: Aline Damasceno