Cheques devolvidos recuam ao menor patamar em JAN

Do total de 170 milhões de cheques compensados em janeiro, apenas 1,7% foram devolvidos

O percentual de cheques devolvidos em janeiro foi o menor para o mês em seis anos, segundo pesquisa da Serasa Experian divulgada nesta quinta-feira. Do total de aproximadamente 170 milhões de cheques compensados, 1,7% foram devolvidos. A menor variação havia sido registrada em janeiro de 2005 (1,53%).

Na avaliação da Serasa, o resultado reflete o bom momento para o mercado de trabalho no ano passado. Para os próximos meses, no entanto, pode haver aumento nas devoluções de cheques.

?A atenção agora fica voltada para fevereiro e março, meses em que há maior pressão sobre o orçamento familiar, em razão do pagamento de impostos, como IPVA, IPTU e despesas escolares?, diz a empresa em nota.

A partir de abril, a tendência é que sejam verificados novos recuos no número de cheques devolvidos. ?A mudança no hábito de pagamento do consumidor, substituindo o cheque pelo cartão de crédito, pode contribuir para novas quedas na devolução de cheques a partir de abril?.

Roraima foi a região com o maior percentual de cheques devolvidos (11,38%). Na outra ponta, São Paulo registrou a menor variação (1,29%). A região Norte teve maior percentual (3,8%), enquanto o Sudeste teve a menor taxa (1,39%).

Fonte: IG