Chinelos feitos com sobras de vinil dão lucro de até R$12 mil por mês

Chinelos feitos com sobras de vinil dão lucro de até R$12 mil por mês

Os primeiros 40 pares foram para uma loja em Ilhabela, no litoral paulista. Dias depois, foram encomendados mais 100 pares

A Florine, empresa que confecciona chinelos a partir de vinil flexível, tem crescido entre 40% a 50% ao ano, com um lucro líquido mensal de R$ 12 mil por mês. De acordo com Carlos de Souza Gasparini, dono da empresa, a ideia de confeccionar chinelos surgiu quando ainda trabalhava como autônomo confeccionando tapetes.

Gasparini conta que a produção dos tapetes deixava muitos retalhos e as recicladoras não aceitavam nem de graça o produto, alegando que não havia mercado para esse material. Em 2008, o empreendedor teve a ideia de utilizar os retalhos para fazer chinelos. A criação, porém, não foi tão simples.

?Foram várias tentativas e o dinheiro investido nem faço ideia. Consegui fazer o primeiro par após oito meses?, conta. Com a ajuda do Sebrae, Gasparini patenteou o produto antes de divulgá-lo. O filho, técnico em Photoshop, impôs uma condição ao pai quando o empreendedor pediu que criasse um logotipo. ?Meu filho disse que só faria se eu registrasse o nome Florine. Ele temia que alguém pudesse se aproveitar da marca.?

Somente dois anos depois de ter a ideia, os chinelos Florine foram às lojas. O empreendedor conta que deixou os primeiros 40 pares em uma loja em Ilhabela, no litoral paulista. Dias depois, recebeu uma ligação encomendando mais 100 pares, pois todos haviam sido vendidos.

Com o sucesso dos chinelos, Gasparini fechou a confecção de tapetes e se focou apenas na marca Florine. A empresa, que fica em Caraguatatuba, hoje conta com oito funcionários e recebe encomendas de mais de 100 lojas do País e também conta com parceiros na Inglaterra. Gasparini credita o sucesso dos produtos às cores vivas e à maciez do material.

De acordo com o empreendedor, a empresa deve continuar crescendo no mesmo ritmo neste ano. ?Os planos para os próximos dois anos é ter uma linha de montagem e mais parceiros revendedores.?

Feira do Empreendedor

A Florine é uma das expositoras da Feira do Empreendedor, evento organizado pelo Sebrae-SP que acontece em São Paulo, no Pavilhão Verde do Expo Center Norte, desde o último sábado. Nesta segunda e terça-feira, o horário de visitação é das 13h às 21h. A entrada é gratuita. Menores de 14 não entram.

Fonte: Terra