Clientes buscam preços baixos nas liquidações em THE

Clientes buscam preços baixos nas liquidações em THE

Passou o Natal, época mais esperada pelos comerciantes e consumidores, mas depois da correria para a compra de presentes, muitos esperam a liquidação

Quem controlou a ansiedade e deixou para fazer as compras de fim de ano após o Natal pode encontrar

produtos em saldões e liquidações com descontos de até 50%. Em Teresina, os saldões de Natal começam

logo que o dia 25 termina e prosseguem com boas opções de compra para o consumidor até os meses de

janeiro e fevereiro, quando a movimentação em torno do comércio e da compra de produtos como móveis e eletrodomésticos é menor.

As promoções podem ser encontradas em todos os departamentos ? vestuário, eletroeletrônicos, informática, produtos de cuidados pessoais e muitos outros. Foi a perspectiva de encontrar produtos mais baratos que na véspera de Natal e lojas menos movimentadas que fez a autônoma Ana Paula Alves de Lima ir ao centro comercial de Teresina na tarde desta quarta-feira, dia 26.

?As lojas estavam muito cheias e estava quase impossível fazer uma pesquisa de preços e de produtos, por isso eu esperei passar as festas e o tumulto no centro para vir escolher alguns móveis para minha casa. Vim pesquisar o preço de armários de cozinha e já observei que estão melhores do que há duas semanas atrás. Mas acredito que após o Réveillon, nos queimões irei encontrar preços ainda melhores e, por isso, não irei comprar ainda?, pontua a consumidora.

Para o gerente de uma loja de móveis e eletrodomésticos do centro comercial da capital, Edimar Lopes Sampaio, a movimentação nesses dias é bem menor e, por isso, todo esforço é válido na conquista dos clientes. ?Para estimular o consumo, a loja já está se preparando e irá lançar liquidações específicas

para móveis e eletrodomésticos.Nossa intenção é atrair a clientela e conseguir alcançar a média de crescimento nas vendas esperadas para dezembro, que ficou na média do ano passado?, conclui.

Apesar de atrair a clientela, a movimentação no centro comercial após o feriado não foi intensa e a

maioria das pessoas que estavam nas ruas do centro faziam trocas, pesquisa de preços ou estavam

indo reclamar de algum serviço ou entrega não realizada dentro do prazo, de acordo com informações

colhidas no local.

Fonte: Marcilany Rodrigues