Com alimentos em alta, inflação sobe no Brasil

Com alta de 0,22 ponto percentual, a inflação em Porto Alegre assumiu a "liderança"

O mês de abril começou com alta na taxa de inflação na maioria das capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Das sete capitais pesquisadas, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou aceleração em cinco. De acordo com a FGV, os preços dos alimentos foram os principais responsáveis pela alta do indicador.

Com alta de 0,22 ponto percentual, a inflação em Porto Alegre assumiu a ?liderança? entre as taxas das capitais, passando de 0,83% para 1,05%. Em São Paulo, que registrara o maior patamar para o IPC-S na semana anterior, a taxa também subiu, mas em ritmo menor, passando de 0,87% para 0,98%.

Na passagem da última semana de março para a primeira de abril, também tiveram altas as taxas de Belo Horizonte (de 0,78% para 0,92%), Recife (de 0,49% para 0,58%) e Rio de Janeiro (de 0,20% para 0,33%).

Em Brasília, a queda de 0,12 ponto percentual levou o IPC-S à menor taxa entre as capitais, de 0,30%. Em Salvador, o indicador também recuou, de 0,35% para 0,31%.

Fonte: g1, www.g1.com.br