Com "fábrica de ricos", bancos do Brasil disputam novos milionários

De olho no topo da mobilidade social brasileira, os maiores bancos do mundo disputam a tapa os novos e antigos ricos.

O Brasil produzirá 271 milionários por dia até 2016. Depois da China, entre os emergentes, o país terá a maior fábrica de endinheirados com mais de US$ 1 milhão na conta bancária nos próximos cinco anos, segundo estudo do banco Crédit Suisse.

De olho no topo da mobilidade social brasileira, os maiores bancos, butiques e gestores de investimento do mundo disputam a tapa os novos e antigos ricos.

Em jogo, está um mercado hoje de 319 mil pessoas que soma R$ 430 bilhões, mas que chegará a 2016 com 815 mil pessoas e R$ 1 trilhão.

São fortunas que estavam "imobilizadas" em negócios de pequeno e médio portes, terrenos cobiçados, fazendas e imóveis recém-valorizados e que foram parcial ou integralmente vendidos a grupos nacionais ou estrangeiros com a consolidação do parque produtivo brasileiro.

Fonte: Folha.com