Com juros em baixa, investidor terá de arriscar na Bolsa; veja

O investidor tem de ser mais ativo. Petrobras, segundo ela, é um exemplo

s juros básicos da economia estão em 7,25% ao ano. Foram dez quedas consecutivas. Isso desanima os investidores em renda fixa, porque a rentabilidade fica comprometida.

Então, é hora de correr para a Bolsa de Valores?

Para a economista da Lerosa Investimentos, Alexandra Almawi, sim, mas tudo vai depender do perfil de cada investidor.

?Quanto mais prazo ele tiver, mais poderá aplicar em Bolsa. A renda variável [Bolsa] passa a ter de estar na realidade do brasileiro. A taxa real da renda fixa está muito baixa?, afirma Almawi.

Por outro lado, a Bolsa cria uma imprevisibilidade muito maior na carteira de investimentos. ?Não dá para saber qual será o retorno certo todo mês. E não se pode comprar um papel e esquecê-lo lá.?

O investidor tem de ser mais ativo. Petrobras, segundo ela, é um exemplo. ?As ações das empresa sobem e descem. Quem não realizou lucro na hora certa [vendeu para aproveitar os ganhos], perdeu dinheiro.?

Fonte: UOL