Com R$ 2,28 bilhões, lucro da Ambev cai 7,9% no terceiro trimestre de 2013

Ao mesmo tempo, porém, a receita líquida da empresa subiu 5,3%, para R$ 8,46 bilhões

A Ambev registrou lucro líquido de R$ 2,28 bilhões no terceiro trimestre, informou a maior empresa de bebidas da América Latina na madrugada desta quinta-feira (31).

Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve queda de 7,9%, influenciada pela piora no resultado financeiro e pelo aumento de impostos sobre o lucro.

Ao mesmo tempo, porém, a receita líquida da empresa subiu 5,3%, para R$ 8,46 bilhões. A dona da Brahma e da Skol tem sentido dificuldade em aumentar o volume de cerveja vendido, mas conseguiu de julho a setembro realizar reajustes de preços e balanceamento de marcas oferecidas, que sustentaram seu faturamento.

O grupo, no entanto, enfrentou custos de produção 7,4% maiores no trimestre, em R$ 2,82 bilhões. As despesas operacionais, por outro lado, tiveram leve baixa de 6,3%, para R$ 1,96 bilhão. Com isso, a Ambev encerrou os três meses com lucro operacional de R$ 3,68 bilhões, salto de 12% em mesmas bases.

Houve piora em quase todas as medições de rentabilidade para a fabricante de cervejas. A margem bruta, por exemplo, caiu de 67,4% para 66,7% em um ano. A margem operacional, entretanto, subiu, de 41,3% para 43,5%.

A companhia registrou perdas financeiras líquidas de R$ 496,1 milhões, piora de 35,2%. O terceiro trimestre também trouxe a necessidade de provisões para impostos sobre o resultado 89,4% maiores, em R$ 848,9 milhões.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) totalizou R$ 4,192 bilhões, alta de 11% na comparação anual.

Fonte: UOL