Companhias aéreas foram multadas em R$ 2,3 mi no fim de ano

Companhias aéreas foram multadas em R$ 2,3 mi no fim de ano

A Anac informou também que registrou 3 mil reclamações contra as seis maiores empresas aéreas no Brasil todo

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) divulgou nesta sexta-feira um balanço da operação de final de ano realizada nos aeroportos do País com o objetivo de minimizar os problemas entre os passageiros e as companhias aéreas. Segundo o órgão, as empresas foram multadas em R$ 2,3 milhões por irregularidades na prestação do serviço. Do total de 329 autos de infração, 248 foram para as empresas TAM, Webjet e Gol, segundo a Anac.

No período da operação, de 17 de dezembro e 7 de janeiro, as companhias Azul, Avianca e Trip não tiveram nenhum problema comprovado pelos fiscais da Anac. Entre as companhias estrangeiras, foram 81 autos de infração confirmados para a as empresas Aeroméxico (72), American Airlines (3), Air France (2), KLM (2), TAP (1) e Taca (1). Segundo a agência, os números ainda poderão aumentar já que as manifestações de passageiros são avaliadas e ainda poderão gerar autuações para as companhias.

A Anac informou também que registrou 3 mil reclamações contra as seis maiores empresas aéreas no Brasil todo, o que corresponde a 0,02% do movimento de passageiros transportados em voos domésticos no mês de dezembro. A Avianca foi a companhia com o menor número de queixas de passageiros e a TAM foi a empresa que registoru o maior número de reclamações.

Atrasos

No mês de dezembro de 2010, os aeroportos brasileiros receberam 13,2 milhões de embarques e desembarques de voos domésticos, 2 milhões a mais do que em 2009. Segundo a Anac, o índice de atrasos acima de 30 minutos continuou nos mesmos patamares dos últimos anos, por volta de 20%, assim como o de cancelamentos, cerca de 5%.

Fonte: Terra, www.terra.com.br