Confiança de empresários da indústria tem a menor queda desde 2009

O resultado combina piora das avaliações sobre o presente e melhora das expectativas,

A confiança dos empresários da indústria de transformação continuou a se deteriorar em agosto, de acordo com sondagem da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) diminuiu 1,2% na comparação com julho, indo de 84,4 pontos para 83,4 pontos. Após o oitavo recuo consecutivo, o índice manteve-se no menor patamar desde abril de 2009. Na comparação com agosto do ano passado, houve queda de 15,4%.


O resultado combina piora das avaliações sobre o presente e melhora das expectativas, destacou a FGV. O Índice da Situação Atual (ISA) recuou 3,6%, para 82,7 pontos, no menor nível desde março de 2009 enquanto o Índice de Expectativas (IE) aumentou 1,4%, para 84,1 pontos.

A ligeira melhora das expectativas é insuficiente para sinalizar uma efetiva inversão da tendência negativa observada no ano. As previsões tornaram-se mais favoráveis para a produção, com a normalização do número de dias úteis após o fim da Copa, mas, no horizonte de seis meses, o pessimismo continua aumentando , afirmou, em nota, Aloisio Campelo Jr., superintendente adjunto de Ciclos Econômicos da FGV/Ibre.

O levantamento mostrou ainda que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) registrou estabilidade entre julho e agosto, em 83,2%, permanecendo no menor patamar desde outubro de 2009.

 

Fonte: Folha