Confira opções baratas para usar a internet no celular e smartphone

Em todos os planos, a velocidade cai se ultrapassar o máximo contratado.

Antes de contratar um plano, o consumidor que quer ter acesso à internet pelo celular precisa estudar seu perfil e estimar de quanto deve ser o seu uso mensal para não se decepcionar, sugerem especialistas. As operadoras oferecem planos a partir de R$ 9,90 para celulares pré-pagos e a partir de R$ 22 no pós-pago.



Em um dia, com 1Mbps é possível baixar 11 GB de arquivos, suficiente para assistir a sete filmes em qualidade alta. "Essa velocidade é ideal para o uso de tablets. Com 20Mbps, um DVD pode ser baixado em três horas", afirma o professor de engenharia de sistemas eletrônicos da USP (Universidade de São Paulo) Marcelo Zuffo.

Em todos os planos, a velocidade cai se ultrapassar o máximo contratado.

Com 32 Kbps, é possível acessar e-mails e redes sociais, mas a velocidade é comparada à da internet discada, ou seja, a mais baixa.

Zuffo afirma que as velocidades prometidas nos planos podem não funcionar na prática. "O cliente deve ficar atento às entrelinhas do contrato, porque sempre haverá uma cláusula que indica a redução de velocidade. É preciso regulamentar essa questão para criar uma forma de o consumidor medir a velocidade e ter certeza de que usa o que contratou."

A escolha do plano varia com o perfil. "É preciso saber o que será usado em um mês antes de contratar o serviço. Contratar um pacote maior pode sair mais barato do que pagar pelo adicional."

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br