Consumo de gás natural bate um recorde por acionamento de térmicas

O volume registrado em março é o maior desde o início da comercialização de gás no país, há 23 anos.

O consumo de gás natural no Brasil em março bateu recorde histórico, puxado pelo forte acionamento de termelétricas, que estão ligadas para ajudar no abastecimento de energia do país em momento de baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas.

O consumo do produto no mês foi de 74,6 milhões de metros cúbicos por dia, em média, aumento de 2,5% em relação a fevereiro e de 7,4% ante março de 2013, informou a Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) nesta segunda-feira (5).

O volume registrado em março é o maior desde o início da comercialização de gás no país, há 23 anos.

O segmento de geração elétrica apresentou aumento de 5,8% no consumo ante fevereiro, e de 22,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

O consumo do segmento industrial aumentou 5,3% no em março na comparação anual, e 0,5% ante fevereiro. Já o consumo residencial cresceu 21,9% em relação a fevereiro, e 6,2% na comparação com março de 2013.

No setor comercial, o consumo subiu 9,4% ante março anterior e 2,76% sobre fevereiro. O segmento automotivo teve retração de 3,7% contra fevereiro e de 4,3% no ano a ano.

A região Sudeste concentra o maior consumo de gás natural do país, com volume médio diário de 51,6 milhões de metros cúbicos, seguida pelo Nordeste, com 10,1 milhões de metros cúbicos.

Fonte: G1