Copom mantém taxa básica de juros da economia em 8,75%

Foi a segunda manutenção da taxa básica de juros, que aconteceu após cinco cortes consecutivos na taxa Selic

Depois de interromper em setembro o ciclo de redução dos juros, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, formado pelos diretores e pelo presidente da instituição, se reuniu novamente nesta terça e quarta-feiras (20 e 21) e decidiu manter a taxa Selic estável em 8,75% ao ano. O encontro durou pouco menos de duas horas.

Foi a segunda manutenção da taxa básica de juros, que aconteceu após cinco cortes consecutivos na taxa Selic - ocorridos entre janeiro e julho deste ano. A decisão foi unânime e sem viés, de modo que a taxa deve permanecer neste patamar até a próxima reunião do Copom, marcada para 8 e 9 de dezembro.

,b>Explicação

Ao fim do encontro, o Copom divulgou a seguinte frase: "Tendo em vista as perspectivas para a inflação em relação à trajetória de metas, o Copom decidiu manter a taxa Selic em 8,75% a.a., sem viés, por unanimidade. Levando em conta, por um lado, a flexibilização da política monetária implementada desde janeiro, e por outro, a margem de ociosidade dos fatores produtivos, entre outros fatores, o Comitê avalia que esse patamar de taxa básica de juros é consistente com um cenário inflacionário benigno, contribuindo para assegurar a manutenção da inflação na trajetória de metas ao longo do horizonte relevante e para a recuperação não inflacionária da atividade econômica".

Fonte: g1, www.g1.com.br