Cosmético causa alergia e Justiça determina indenização de R$ 20 mil

A consumidora entrou na Justiça pedindo indenização por danos morais

Uma consumidora receberá R$ 20 mil de indenização por ter uma crise alérgica, que durou cerca de 10 dias, após usar um produto para cabelos da marca Niasi. Segundo informações do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) divulgadas nesta quarta-feira, a fabricante do produto Biocolor Fluidgel e o salão foram condenados. Cabe recurso da decisão.

O tribunal afirma que após a consumidora fazer o teste de sensibilidade e não ter tido complicações, realizou um "banho de brilho" nos cabelos com o produto da Niasi. O procedimento causou inchaços no rosto da cliente, febre alta e marcas pelo corpo.

A consumidora, então, entrou na Justiça pedindo indenização por danos morais, alegando que a empresa e o salão seriam responsáveis pela prestação de um serviço "defeituoso" e com informações "inadequadas" sobre os ricos do produto, segundo o TJRS.

Para a Justiça, o Código de Defesa do Consumidor estabelece que o fornecedor tem o dever de não vender produtos ou serviços que coloquem em risco a saúde ou a segurança dos compradores. Em primeira instância, a Justiça já havia aceitado o pedido de indenização da consumidora. Procurada, a Niasi ainda não se pronunciou sobre o caso.

Fonte: Terra