2013: Crédito imobiliário da Caixa Econômica atingiu R$ 51 bilhões

Até 31 de maio de 2013, o banco assinou um total 572 mil contratos

A Caixa Econômica Federal atingiu um volume de R$ 51,2 bilhões em contratações de crédito imobiliário, nos primeiros cinco meses deste ano, representando um crescimento de 39,7% em relação ao mesmo período de 2012, quando foram aplicados R$ 36,65 bilhões.

Até 31 de maio de 2013, o banco assinou um total 572 mil contratos, correspondente a aplicação média diária de R$ 502 milhões e 5.600 contratos por dia. A meta da Caixa é aplicar R$ 126 bilhões no crédito para casa própria, até o final de 2013.

Do total aplicado, R$ 31 bilhões foram destinados à aquisição de imóveis prontos (novos ou usados) e R$ 20,2 bilhões ao financiamento para produção de empre-endimentos habitacionais.

A participação dos imóveis novos foi de 65%, sendo o Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) o principal responsável pelo crescimento da participação dos imóveis novos, no volume total de aplicações em financiamentos habitacionais realizados pela Caixa.

De acordo com o diretor de Habitação da Caixa, Teotonio Rezende, os volumes alcançados no crédito imobiliário, e os recordes na habitação, são resultado da conjugação das condições da economia, crescimento de renda da população, da ampliação do acesso à casa própria, proporcionado pelo PMCMV e das melhorias permanentes, que a Caixa vem implementando nos produtos e processos relacionados ao crédito imobiliário.

Até o dia 26 de maio de 2013, a 9ª edição do Feirão Caixa da Casa Própria registrou mais de 319 mil visitantes, com volume de mais de R$ 12,2 bilhões, em negócios assinados e encaminhados, o que representa um crescimento de 13,08%, em comparação à edição anterior, que realizou R$ 10,82 bilhões em negócios.

Fonte: Efrem Ribeiro