Crescimento do comércio perde força

Vendas do setor cresceram 0,6% no mês passado

Depois de dois meses de crescimento expressivo, o comércio varejista nacional perdeu força em julho. Segundo pesquisa da Serasa, o setor teve alta de 0,6% no mês passado, seguindo expansão de 1,8% em junho e de 1,4% em maio.

No acumulado do ano, o comércio registrou alta de 4,0%, liderada por móveis, eletroeletrônicos e informática, com alta de 9,5%. Em seguida, destacou-se o setor de veículos, motos e peças, com elevação de 2,3%. O Dia dos Pais contribuiu para o crescimento do setor no mês passado: as vendas de lojas de tecidos, vestuários e calçados cresceram 1,9%. O segmento de móveis e eletrodomésticos também contribuiu positivamente, com uma alta de 1,2% sobre o mês anterior.

Crescimento menos expressivo foi verificado ainda em supermercados, alimentos e bebidas (0,4%). Na outra ponta, materiais de construção foram destaque de queda, com contração de 3,2% nas vendas. Veículos e combustíveis também tiveram queda nas vendas, porém mais contidas, de 0,2% e 0,1%, respectivamente.

Fonte: g1, www.g1.com.br