Custo da construção sobe 0,76% em março puxado por reajustes salariais

O custo nacional da construção por metro quadrado, que em fevereiro ficou em R$ 722,47, passou para R$ 727,94

O Índice Nacional da Construção Civil calculado pelo IBGE e pela Caixa Econômica Federal subiu 0,76% em março, avançando em relação ao resultado de fevereiro (0,43%) pressionado pelos reajustes salariais na Bahia e no Rio de Janeiro.

No mesmo mês do ano passado, a taxa havia sido de 0,94% e, no acumulado do primeiro trimestre, ficou em 1,62%, próximo dos 1,66% observados em igual período de 2009. Já o resultado dos últimos 12 meses apresentou elevação de 5,81%, ante 6,00% no período imediatamente anterior.

O custo nacional da construção por metro quadrado, que em fevereiro ficou em R$ 722,47, passou para R$ 727,94, sendo R$ 416,76 relativos aos materiais e R$ 311,18 à mão-de-obra.

A parcela dos materiais, comparada com o mês anterior, avançou de 0,34% para 0,35%. Já o componente mão-de-obra subiu de 0,56% para 1,31%. No ano, os aumentos foram, respectivamente, de 1,00% e 2,46%. Em 12 meses, 3,54% e 9,00%.

Na análise por região, o Norte se destacou com a maior taxa em 12 meses (7,81%), enquanto o Sul apresentou a menor variação nesse mesmo intervalo (5,01%).

Os custos regionais, por metro quadrado, foram: R$ 767,22 (Sudeste), R$ 737,57 (Norte), R$ 707,03 (Sul), R$ 692,86 (Centro-Oeste) e R$ 689,49 (Nordeste).

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br