Defasagem continua mesmo com reajuste da gasolina e do óleo diesel

Apesar do reajuste, a defasagem da gasolina cai de 15% para 10%

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira elevação do preço da gasolina nas refinarias em 4% e do diesel em 8% a partir de 0h de 30 de novembro, segundo fato relevante. Apesar do reajuste, a defasagem da gasolina cai de 15% para 10%, enquanto a do diesel passa de 20% para 12%, segundo estimativa do Centro Brasileiro de Infraestrutura publicada nesta sábado pelo jornal Folha de S. Paulo. A defasagem chegou a atingir 30% neste ano, gerando perda na casa de bilhões de reais para a estatal.

Segundo o jornal, a empresa vinha gastando, em média, R$ 1,8 bilhão ao mês neste ano para não repassara diferença ao consumidor. O jornal afirma que os problemas nas empresas se agravaram nos últimos anos devido a dispara do consumo de gasolina e diesel, além do fraco desempenho do etanol. Com a defasagem, a Petrobras registrou prejuízo de R$ 1,3 bilhão do segundo trimestre de 2012, o primeiro em 13 anos.

Fonte: Correio do Estado