Déficit da Previdência Social subiu quase 40% em junho; saiba mais !

No mês passado, o governo teve uma arrecadação líquida de R$ 21,631 bilhões e uma despesa com pagamento de benefícios de R$ 24,389 bilhões

A Previdência Social registrou em junho déficit de R$ 2,757 bilhões - o que representou elevação de 38,1% em relação ao resultado registrado em igual período de 2011. No mês passado, o governo teve uma arrecadação líquida de R$ 21,631 bilhões e uma despesa com pagamento de benefícios de R$ 24,389 bilhões. No semestre, o saldo negativo nas contas do INSS atingiu R$ 20,780 bilhões, mantendo-se praticamente estável em relação aos primeiros seis meses do ano passado.

Os números do regime de aposentadoria já mostram os reflexos da desaceleração do mercado formal de trabalho, devido à estagnação da economia. Depois de dois anos, com a arrecadação mensal crescendo acima da inflação em 8%, as receitas no mês passado subiram apenas 5,1%.

- O crescimento na arrecadação líquida foi bom, mas abaixo do que vinha sendo registrado e inferior às nossas expectativas - disse o secretário de Previdência Social, Leonardo Rolim.

Segundo ele, é preciso aguardar os dados de julho para dizer se a tendência é de queda na arrecadação. Caso, seja confirmada, uma retomada deverá ocorrer em outubro.

- De qualquer forma, é preocupante - disse o secretário.

Para este ano, o déficit projetado é de R$ 39,5 bilhões, mas a na avaliação do Ministério, é que o resultado consolidado ficará em torno de R$ 38 bilhões.

Fonte: Extra