Desemprego no país fica estável em 10,7% em julho, revela Dieese

O total de ocupados foi estimado em 20,2 milhões, para uma PEA (População Economicamente Ativa), de 22,6 milhões.

A taxa de desemprego no país se manteve em 10,7% em julho. O nível é o mesmo registrado em junho. Segundo dados da PED (Pesquisa de Emprego e Desemprego), o nível de ocupação no país subiu 0,6% nas sete regiões metropolitanas pesquisadas.

A pesquisa, feita pelo Seade e pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), foi divulgada nesta quarta-feira (29).

O total de ocupados foi estimado em 20,2 milhões, para uma PEA (População Economicamente Ativa), de 22,6 milhões. No mês, houve acréscimo de 14 mil desempregados.

A taxa de desemprego recuou levemente em Porto Alegre --passou de 7,2% em junho para 7% em julho--, no Distrito Federal --de 12,9% para 12,7%--, em São Paulo --de 11,2% para 11,1%-- e em Salvador --de 17,9% para 17,8%.

Houve crescimento em Recife --de 10,9% para 11,6%-- e em Belo Horizonte --de 4,8% para 5%.

Em Fortaleza, a taxa se manteve em 9,7%.

Na divisão por atividade, o nível de ocupação subiu apenas no setor de serviços --alta de 1,5%-- e em construção --0,2%. Na industria de transformação houve queda de 1,3% e no comércio e reparação de veículos, de 0,5%.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br