Desemprego no Brasil fica em 5% em março, informa pesquisa do IBGE;veja

Taxa é a menor para meses de março desde o início da série, em 2002.

A taxa de desemprego voltou a cair em março. Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o indicador ficou em 5% no mês, 0,1 ponto percentual abaixo da taxa de fevereiro, de 5,1%. A taxa é a menor para meses de março desde o início da série histórica, em 2002. Em março do ano passado, o desemprego era de 5,7% para o conjunto das seis regiões metropolitanas pesquisadas.

O IBGE estimou que 1,2 milhão de brasileiros estavam desempregados no mês passado, estável em relação a fevereiro e uma queda de 11,6% na comparação com março de 2013. Já o número de pessoas ocupadas nos locais pesquisados ficou em 22,9 milhões, estável nas duas comparações.

Houve estabilidade, também, no número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado, estimado em 11,7 milhões, na comparação entre fevereiro e março. Frente a março de 2013, o número representa uma alta de 2%.

O rendimento médio real habitual dos trabalhadores não teve variação significativa na passagem de fevereiro para março, ficando em R$ 2.026,60 no mês passado (alta de 3% frente a março de 2013). Já a massa de rendimento médio real habitual dos ocupados foi estimada em 47,2 bilhões em março de 2014, valor que representa queda de 0,7% frente a fevereiro e alta de 4% ante março do ano passado.

Fonte: G1