Devolução de cheques em novembro obteve alta: 1,68

Em novembro, taxa de cheques devolvidos foi de 1,68%, ante 1,56% em outubro, diz Serasa Experian

Após cinco meses consecutivos de queda, o número de cheques devolvidos voltou a crescer em novembro, segundo levantamento da Serasa Experian divulgado nesta segunda-feira. No mês, foram devolvidos 1,68% dos cheques, ante taxa de 1,56% em outubro.

Na avaliação da empresa, o aumento da inadimplência do meio de pagamento reflete o maior uso de cheques para o pagamento das compras do Dia das Crianças.

Apesar do aumento no número de cheques sem fundo na comparação mensal, o volume é o menor para o mês de novembro desde 2005, segundo a Serasa Experian.

No acumulado do ano, a inadimplência com cheques registra alta de 1,77%, abaixo do índice de 2,17% verificado em igual período de 2009.

Para o fechamento do ano, a Serasa acredita que o indicador ?deve retornar aos patamares de 2005, o que reafirma que o cheque, como meio de pagamento, teve sua qualidade melhorada no período?.

Regiões

Segundo o levamento, o Amapá é o estado com maior percentual de cheques devolvidos no acumulado de janeiro a novembro, com taxa de 10,92%. São Paulo é a região com menor índice de inadimplência de cheques, com 1,33%. A região Norte registrou o maior número de devoluções no acumulado do ano (4,01%), enquanto o Sudeste teve a menor taxa (1,44%).

Fonte: IG