Dieese: Cesta básica sobe mais de 10% em 2010 em 14 capitais

Dieese: Cesta básica sobe mais de 10% em 2010 em 14 capitais

A entidade destacou que os preços de carne bovina, leite, feijão e açúcar acumularam alta

O preço da cesta básica subiu acima de 10% em 2010 em 14 capitais das 17 pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Segundo dados divulgados nesta terça-feira, Goiânia teve a maior alta acumulada, de 22,9%, seguida de Recife (19,96%) e Natal (18,14%).

Já as menores variações no acumulado do ano foram registradas em Aracajú (3,96%), Brasília (5,15%) e Porto Alegre (6,13%), de acordo com o Dieese.

A entidade destacou que os preços de carne bovina, leite, feijão e açúcar acumularam alta em todas as capitais pesquisadas no ano passado. O preço do feijão teve alta superior a 50% em dez das 17 capitais pesquisadas em 2010, com Goiânia novamente na liderança (99,04%).

Em dezembro, o custo da cesta foi maior em São Paulo, de R$ 265,15, seguido de Porto Alegre (R$ 252,15) e Manaus (R$ 252,06). As capitais Aracajú e João Pessoa, foram as únicas pesquisadas que tiveram custo abaixo de R$ 200, respectivamente, de R$ 175,88 e R$ 194,24, apontou o Dieese.

Para a entidade, o salário mínimo suficiente para cobrir os gastos básicos com alimentação, moradia, saúde e transporte em dezembro teria que ser de R$ 2.227,53. O custo da cesta representou 48,51% do salário mínimo líquido do mês.

Segundo o estudo, cada brasileiro que recebe salário mínimo teve que trabalhar 98h11 para conseguir pagar o valor da cesta em dezembro.

Fonte: Terra, www.terra.com.br