Diferença entre primeiro e segundo lugar na pesquisa do JMN foi menor que R$ 2

Diferença entre primeiro e segundo lugar na pesquisa do JMN foi menor que R$ 2

A disputa para o primeiro lugar no ranking de preços nos atacados esta semana foi apertada

R$ 1,79. Essa foi a diferença percebida entre o primeiro e o segundo colocados na pesquisa dos atacadistas, feita na segunda-feira. O Atacadão voltou à primeira colocação com uma soma de R$ 80,03, considerando-se apenas os produtos encontrados em todos os estabelecimentos. Já o Maxxi ficou na segunda posição, com R$ 81,82. O terceiro colocado é o Makro (R$ 87,23) e o quarto é o Carvalho Mercadão, que somou R$ 90,77. A diferença entre a primeira e a quarta colocação ficou de R$ 10,74.

Todos os atacadistas estão concluindo seus trabalhos de reorganização para aproveitar as vendas de fim de ano, dando destaque para os produtos natalinos e itens de alimentação ? sobretudo os da cesta básica. No entanto, para oferecer um melhor serviço ao pequeno comerciante (que busca os preços de atacado) e o consumidor comum (que busca os itens no varejo), os estabelecimentos ainda precisam aperfeiçoar seus serviços.

Um dos problemas recorrentes é a falta de produtos. Na tabela, é possível perceber que alguns itens considerados básicos estão em falta: um dos atacadistas não tinha nenhum tipo de sabão em barra.

Em outro, a Coca Cola (lata 350 ml) estava em falta. O sal moído continua ausente das prateleiras de alguns dos pontos visitados, e por isso mais uma vez não foi considerado na pesquisa. O produto, aliás, representa uma inconstância entre os atacadistas: enquanto uns comercializam apenas sal para churrasco, outros oferecem só o sal refinado, por exemplo. Como ponto positivo, vale ressaltar que o leite Ninho voltou a figurar nos quatro estabelecimentos participantes do levantamento.

Diante da falta de produtos, as empresas correm para repor os estoques, sob pena de perder boas vendas neste período tão movimentado. Além disso, planejam ofertas com itens de grande saída, como o arroz, o feijão e o leite.

SUPERMERCADOS - Nesta semana a pesquisa nas quatro principais redes de supermercados da capital foi realizada nos dias 25 e 26 de novembro e mostrou que todos os supermercados pesquisados já estão enfeitados e decorados à espera das vendas de Natal e do final do ano.

Em primeiro lugar entre os supermercados que apresentam preços mais atrativos para o consumidor ficou o Extra, com total para a cesta de produtos pesquisados no valor de R$ 383,47. Empatado quase que tecnicamente com o Hiper Bompreço que ocupou a segunda colocação por uma diferença apenas de R$ 0,02 centavos. O total para os itens pesquisados para o supermercado Bompreço foi de R$ 383,49.

Já ocupando a terceira colocação está o Comercial Carvalho, que nesta semana registrou o terceiro menor preço entre os supermercados pesquisados com a cesta no valor de R$ 402,93.

Já o Pão de Açúcar ficou em último lugar com o total mais elevado para a cesta de produtos pesquisados ocupando a última colocação com o total de R$ 404,93. A diferença entre o supermercado mais caro para o mais barato ficou no valor de R$ 22,46.


Diferença entre primeiro e segundo lugar na pesquisa do Jornal Meio Norte foi menor que R$ 2

Diferença entre primeiro e segundo lugar na pesquisa do Jornal Meio Norte foi menor que R$ 2

Diferença entre primeiro e segundo lugar na pesquisa do Jornal Meio Norte foi menor que R$ 2

Diferença entre primeiro e segundo lugar na pesquisa do Jornal Meio Norte foi menor que R$ 2

Fonte: Dowglas Lima e Marcilany Rodrigues